-->

O material mais leve do mundo


Materiais celulares ultra leves (<10 miligramas por centímetro cúbico) são desejáveis para isolamento térmico, eléctrodos de bateria, e amortecimento acústico, vibracional  ou de energia. Uma equipa de pesquisadores da UC Irvine, Laboratórios HRL e do Instituto de Tecnologia da Califórnia desenvolveram o material mais leve do mundo com uma densidade de 0,9 mg/cc. O novo material redefine os limites de materiais leves por causa de sua invulgar arquitectura celular em “micro rede”. Os pesquisadores foram capazes de fazer um material que consiste em 99,99 por cento de ar através da concepção do 0,01 por cento sólido à escala nanométrica. "O truque é fabricar uma rede interligada de tubos ocos com uma espessura de parede mil vezes mais finos que um cabelo humano", disse o autor Dr. Tobias Schaedler da HRL.

Material Ultra Leve
Foto por Dan Little, Laboratórios HDR

A arquitectura do material permite-lhe um comportamento mecânico sem precedentes para um metal, incluindo a recuperação completa de taxas compressão muito altas e uma absorção de energia extremamente alta. "Na realidade os materiais ficam mais fortes à medida que as dimensões são reduzidas à nanoescala", explicou Lorenzo Valdevit, principal investigador da UCI neste projecto. "Combine isso com a possibilidade de desenhar a arquitectura da “micro rede” e temos um material celular único."

William Carter, da HRL, comparou o novo material a edifícios maiores e mais familiares: "Edifícios modernos, exemplificados pela Torre Eiffel ou a Golden Gate Bridge, são incrivelmente leves e eficientes em termos de peso em virtude de sua arquitectura. Estamos a revolucionar os materiais leves, trazendo este conceito para as escalas nano e micro.”

Traduzido e adaptado de PhysOrg

2 comentários:

Anónimo disse...

Próxima vez acrescente as devidas fontes

Trimegisto disse...

Corrigido!